domingo, 1 de julho de 2012

NÃO VAMOS ABDICAR, ADIAR ou DESISTIR DE LUTAR

Há dias em que sentimos as garras dos outros
A aflorarem-nos a garganta
Com um rigor selvagem

Há dias em que sentimos o bafo nauseabundo
Do crime premeditado nas palavras dos outros

Há dias em que nos querem vergar
Pela força irredutível de cadeados fixos
Aos portões das teias da lei
Só pelo prazer efêmero
De se julgarem Napoleões
Antes de Waterloo
 
Há dias em que sentimos vontade
De cuspir-lhes nas caras covardes
Vestidas de sistemas prostituídos
Ao mercantilismo de resultados calculados
Que lhes sirvam a razão convenientemente manipulada
 
Há dias em que nos convidam
A tornar-nos justiceiros de luz e verdade
Que fazem acontecer em nós
Propósitos desconhecidos
De cruzados de outras eras
 
Há dias em que apetece gritar bem alto
Até à rouquidão
NÃO VAMOS ABDICAR DE PENSAR
NÃO VAMOS ADIAR A CRÍTICA
NÃO VAMOS DESISTIR DE LUTAR

29-06-2012
Ana Wiesenberger


NÃO VAMOS ABDICAR, ADIAR ou DESISTIR DE LUTAR

Vídeo com o apelo do Dr. Rath:




____________________________________________________________________________

GRÉCIA:

Sem comentários:

Enviar um comentário