sexta-feira, 13 de julho de 2012

ARY DOS SANTOS e SALGUEIRO MAIA


ARY DOS SANTOS e SALGUEIRO MAIA do “outro lado” estão a dizer: COMO É POSSÍVEL QUE ESTE PAÍS ESTEJA ENTREGUE A BANDALHOS MAIS SALAZARISTAS QUE O PRÓPIO SALAZAR ??? E as portas que Abril abriu de nada serviu; NA ALTURA DEVIAMOS DE TER FEITO O 26 DE ABRIL e DESTRUÍDO TODAS AS SEMENTES DESTA ESCUMALHA QUE NOS TEM desGOVERNADO NO PÓS 25 DE ABRIL DE 1974 !


Uma homenagem a UM HOMEM que pela sua atitude desprendida de interesses pessoais, deveria representar uma fonte de inspiração para todos os portugueses, infelizmente não o é para aqueles que fazem parte da vida politica activa, pois altruismo e luta pelos interesses nacionais é o que menos se vê entre estes DESgovernantes. Muito obrigado GRANDE HOMEM Salgueiro Maia por teres sido SEMPRE uma inesgotável fonte de inspiração e de coragem;

FAZES-NOS FALTA !



HOJE JULHO DE 2012 o POVO TEM FOME

 e… OS CORRUPTOS ESTÃO NO PODER :’(

2 comentários:

  1. Caro José Pires,

    Faço sempre um esforço para analisar as situações retirando-lhes a óptica ideológica e partidária e para colocar acima de tudo o interesse nacional. O 25 de Abril, então como agora acontece com as incipientes manifestações de desagrado e indignação, ocorreu segundo uma lógica irrefutável.

    Antes dessa data histórica, em conversa com amigos, tal como agora nos blogues, mostrei que seria preferível a «evolução» pacífica para mudar o regime, portanto, seria levada a cabo pelos detentores do poder. Mas tal solução é utópica, demasiado idealista para poder concretizar-se.

    Há hoje vozes próximas do poder que defendem com convicção que o regime político deve ser substituído, mas a iniciativa e a acção a desenvolver não pode ser esperada dos políticos que temos, porque, desde há perto de 40 anos, eles, salvo eventuais excepções, têm sido formados pelas motivações e segundo o método referidos em Carreira política, artigo aqui colocado há poucos dias.

    Os portugueses, temos que passar a falar menos de futebol e mais, muito mais, dos problemas graves que estão a ameaçar os cidadãos de hoje e, mais ainda, os de amanhã. A solução de Portugal tem que ser preparada, mas não se pode esperar que seja encontrada pelos seus autores, os políticos da geração actual que estão demasiado agarrados aos vícios que foram criados e desenvolvidos em quase quatro décadas.

    LEVANTAI HOJE DE NOVO O ESPLENDOR DE PORTUGAL !!!

    Abraço
    João

    ResponderEliminar
  2. Aqueles que impedidos pela própria inércia são os que lamentam a falta de acção e ficam esperando que surja do nada qualquer herói que lhes satisfaça o ego ...

    ResponderEliminar